Morte súbita

APRESENTAÇÕES

Teatro A Barraca (Lisboa) | 2013
A Bruxa Teatro (Évora) | 2014
Mostra Internacional de Teatro Cómico e Festivo de Cangas | Capela do Hospital (Cangas de Morrazo, Espanha) | 2014
Livraria Ler Devagar (Lisboa) | 2014
Avanteatro | Festa do Avante! (Seixal) | 2014
Teatro da Malaposta | 2015

+ Texto publicado na Revista Galega de Teatro #78

Morte Súbita aborda em vários tempos, num só tempo, em várias dimensões geográficas, as ditaduras de Portugal e do Brasil do século XX, ao mesmo tempo que coloca os sistemas políticos atuais num mesmo plano. Morte Súbita é uma reflexão sobre o tempo em que vivemos, sobre o caminho que estamos a seguir e se a liberdade será uma companhia nesse destino. Se a tortura é legitimada pelo poder, por que razão não poderá a resistência ser legitimada pela justiça?

 

10361972_766036590150716_4096583264984192084_n

 

Texto e encenação | Ricardo Cabaça
Interpretação | Ana Vilela da Costa, Daniela Rosado, Fernando Serpa e Ulisses Ceia
Desenho de luz | Alexandre Costa
Cenografia | Bruno Menezes
Figurinos | Daniela Rosado
Vídeo | António Limpo
Pesquisa histórica | Luís Carvalho
Assistência de encenação | Rafael Moraes
Design gráfico | Paulo Oliveira
Fotografia | Marisa Cardoso
Produção | Daniela Rosado

Este slideshow necessita de JavaScript.