Eduardo Breda

Concluiu em 2008 a formação no curso de interpretação da Academia Contemporânea do Espectáculo (Porto); Em 2012, terminou a Licenciatura na Escola Superior de Teatro e Cinema, em Lisboa, no curso de Teatro, ramo Actores.
Como actor, já trabalhou com encenadores, como: Gonçalo Amorim, Nuno Cardoso, Cláudio da Silva, Bernard Sobel, Alvaro Correia, Bruno Bravo, Francisco Campos, Francis Seleck, Manuel Tur, Os Possessos, Tiago Correia, João Mota, Marta Dias. 
Já no cinema, integrou o elenco das seguintes produções: Bem Bom (Patrícia Sequeira); Terra Nova (Joaquim Leitão); Idaten: Tokyo Olympic Hanashi; Ministério do Tempo; Câmara Nova (André Marques); Logística (Miguel Tavares)
Em performance colaborou com André Guedes e Albuquerque Mendes, tendo já apresentado as suas próprias criações na cooperativa Árvore, Artistas Unidos – Teatro da Politécnica.
Em 2014 recebe uma bolsa do Centro Nacional de Cultura para realizar e produzir o seu primeiro documentário, O Retrato. Seguiu-se depois, Boa Alma (2015), Palácio de Cristal (2016) Caos Danado (2018). Realizou também a web-série Os Muralistas (produzido pela After Wall & Dyrup).